Freita Skyrunnig

26 Dezembro, 2017 A.D.C.Felgueira 0 Comments

O evento Freita Skyrunning, organizado pela Associação Desportiva e Cultural de Felgueira e com a parceria da Câmara municipal de Vale de Cambra, realizou-se no passado dia 16 de setembro na Serra da Freita, com partida e chegada na aldeia da Felgueira.

Com três provas, duas competitivas, o Freita Skyrace® (25 km e 1450 D+) e o Freita Skymarathon® (42 km e 2800 D+). O Freita mini-skyrace / caminhada não sendo competitiva contava com 10km e 450 D+.

Para a primeira edição com este nome contamos aproximadamente com 400 pessoas divididas entre atletas, voluntários e público que seguia a prova entre os abastecimentos e a zona espectáculo no alto do pico da gralheira.

O objetivo da organização é fazer parte do campeonato ou taça de skyrunning português em 2018 e para isso contou com a presença de dois juízes – árbitros, um por cada distancia, 25 km e 42 km, que avaliarão a prova e no final darão o seu parecer quanto á homologação dos percursos.

No desenho dos percursos tentamos seguir o que caracteriza o skyrunning e levar os atletas a fazer longas subidas e descidas ligando os pontos mais baixos aos pontos mais altos pelo caminho mais curto e em trilhos de elevada dificuldade técnica o mais naturais possível.

Com uma grande variedade de ambientes os participantes iam percorrendo os trilhos por single tracks, caminhos usados pelos nossos antepassados para se deslocarem aos campos, moinhos ou entre aldeias. Passando no maior numero de aldeias, algumas das quais abandonadas, envolvemos também as populações e levamos movimento e animação às mesmas.

Alternando entre ambientes mais fechados e húmidos, com muita sombra e água ao nível das cotas mais baixas, onde estamos a 250 metros do nível do mar até ao nível mais alto da serra onde atingimos a cota de 1050 metros e encontrávamos um ambiente mais árido, com grandes paisagens de aglomerados graníticos ao longo do percurso e tínhamos um horizonte alargado em alguns pontos até á ria de Aveiro ou mesmo com o atlântico como fundo.

Alguns dos principais locais de passagem que fizeram parte do percurso, dependendo da distancia, e que destacamos são: Cascata das Porqueiras ou a Cascata da Frecha da Mizarela; pedras parideiras, na aldeia da Castanheira; a levada de água com aproximadamente 3km entre Cabrum e Paraduça; os poços de água junto á Lomba; e o planalto da Freita, bem como as longas subidas. São locais que ficarão, com certeza, na memória de todos os participantes.

A Associação Desportiva e Cultural da Felgueira agradece a presença de todos os atletas, voluntários, amigos, empresas e entidades públicas que apoiaram e contribuíram para que esta iniciativa tenha sido um sucesso!

Leave a Reply:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *